Climatizador ou ar-condicionado? Saiba a diferença entre os aparelhos

O calor não dá trégua! A estação mais quente do ano começou no dia 22 de dezembro, mas, antes mesmo da data, os termômetro passavam facilmente da casa dos 30ºC e, pra tentar amenizar a sensação de abafamento, muita gente tem recorrido aos aparelhos de ar-condicionado e climatizadores. O diretor de uma empresa especializada em equipamentos de climatização, Marcos Antonio Aversa Lopes, explica que o tamanho do aparelho deve seguir a metragem da casa ou apartamento. “Para cada ambiente existe um equipamento adequado. A capacidade dele também é determinada de acordo com o ambiente.”A procura pelos itens chega a aumentar 60% nesta época, segundo o vendedor de uma rede de hipermercados, Reginaldo Fernandesmas. Mas, por muita gente não saber exatamente a diferença entre o ar-condicionado e o climatizador, pode ser que surjam dúvidas na hora de comprar o aparelho, incluindo qual irá atender melhor às necessidades. “O ar-condicionado utiliza gás refrigerante para baixar a temperatura e o climatizador usa água. Sendo assim, o ar-condicionado é mais eficiente”, explica Lopes.

Qual escolher?
Segundo o profissional, para quem procura refrescar o ambiente com eficiência, a melhor escolha é o ar-condicionado, já que o climatizador não irá amenizar a temperatura por completo, principalmente se estiver muito calor. “O climatizador nada mais é do que um equipamento que utiliza água como forma de troca de calor, mas, quando a temperatura está muito elevada, o líquido precisa estar gelado. Algumas vezes, é necessário colocar gelo no recipiente para obter um maior frescor.”Em contrapartida, o climatizador não deixa o ar seco. Já o ar-condicionado, sim. “O climatizador utiliza água para baixar a temperatura do ambiente. Ele deixa o ambiente mais úmido”, ressalta o especialista. No mercado, existem vários modelos de aparelhos ar-condicionado. Um deles é o Split, dividido em duas partes: uma fica no ambiente interno e a outra fica no externo. Também existem aparelhos portáteis e de teto. Considerando o consumo de energia elétrica, o ar-condicionado gasta mais que o climatizador.
A estudante Fabiana do Nascimento Trindade conta que fez pesquisas na internet para escolher o aparelho de ar-condicionado que comprou recentemente. Ela dá dicas do que fazer quando a grana estiver curta. “Se não quiser investir muito, a melhor opção é o climatizador ou pesquisar bastante em lojas.” De acordo com o vendedor de eletrodoméstico Reginaldo Fernandes, o climatizador é uma boa opção para quem tem problemas alérgicos. “Como o próprio nome diz, ele climatiza e é apenas indicado para ventilar e umidificar.”
Já para a auxiliar de Recursos Humanos, Bárbara Caroline de Carvalho, a melhor opção foi o climatizador por conta da sala dela não ter a estrutura para ar-condicionado. “O ventilador não estava dando conta e eu precisava de algo mais potente, porque, além de ventilar, ele umidifica. Encontrei em uma promoção e está atendendo minhas necessidades.”

Instalação
Antes de comprar um ar-condicionado, o especialista Marcos Antonio Aversa Lopes recomenda a visita de um técnico para verificar a possibilidade de instalação. Em caso de prédio, se o projeto permite furo e suporte para o equipamento. Outro fator importante é verificar a capacidade energética do prédio, já que, segundo Lopes, em muitos não é permitida a instalação de ar-condicionado.

Valor
Ambos os aparelhos podem variar de preço de acordo com a potência e a marca. Considerando uma sala de 25 metros quadrados, onde ficam três pessoas,
por exemplo, o ar-condicionado indicado é o de 26.500 BTUs (Unidade Térmica Britânica – que determina a potência de refrigeração), que custa de R$ 2.199 a mais de R$ 3 mil.Já para os climatizadores, os preços começam em R$ 200 e chegam a R$ 500. Alguns contam com duas opções: além de climatização também oferece aquecimento. “Minha dica é que a pessoa procure uma empesa especializada e credenciada para fazer um orçamento e analisar o ambiente a ser climatizado”, orienta Lopes.

Fonte: http://g1.globo.com/sao-paulo/sao-jose-do-rio-preto-aracatuba/mercado-imobiliario-do-interior/noticia/2016/03/climatizador-ou-ar-condicionado-saiba-diferenca-dos-aparelhos.html